Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

Título: A Filha da Minha Melhor Amiga

Autor: Dorothy Koomson

Editora: Porto Editora

Edição de: Março 2013

Páginas: 448

PVP: 16,60€

 

Kamryn a dois meses de se casar descobre que o noivo dormiu com a sua melhor amiga Adele, nascendo desse encontro a querida Tegan. Adele, passado dois anos, descobre que tem leucemia e com pouco tempo de vida pede a Kamryn que adopte a menina após a sua morte.

 

Adorei ler este livro. Foi uma mistura de grandes emoções, estilo montanha-russa. Durante a leitura, deliciei-me completamente com a simpática Tegan e as suas conversas amorosas cheias de piada típicas de uma criança de 5 anos até ao novo namorado Luke que causou-me ao início alguma desconfiança devido a algumas atitudes para com Kamryn. A autora retrata muito bem o misto de problemas e amor que existe num relação entre pais e filhos e joga com um presente e um passado que se interligam permitindo ao leitor conhecer novos dados sobre as personagens e sentir-se bastante envolvido, pois eu não consegui parar de ler.

Só tive realmente pena foi do final do livro que podia ter sido mais desenvolvido, foi muito directo e curto do género “Sempre te amei e agora aqui me tens…”

 

É uma leitura comovente e ternurenta sobre o amor incondicional, a morte, o perdão, a importância da amizade e as relações interraciais.

Não conhecia esta autora e, para além de gostar da capa pelo jogo de cores, o seu livro A Filha da Minha Melhor Amiga torna-se agora um dos meus preferidos.

Uma leitura que certamente vos irá marcar, assim como aconteceu comigo.

Recomendo bastante!

 

Sinopse

A forte relação de amizade entre Kamryn Matika e Adele Brannon, companheiras desde os tempos de faculdade, é destruída num instante de traição que marcará as suas vidas para sempre.
Anos depois desse incidente, Kamryn é uma mulher com uma carreira de sucesso, que vive sem ligações pessoais complexas, protegendo-se de todas as desilusões. Mas eis que, no dia do seu aniversário, Adele a contacta... A amiga de Kamryn está a morrer e implora-lhe que adopte a sua filha, Tegan, fruto da sua ilícita relação de uma noite com Nate.
 
Terá ela outra escolha? Será o perdão possível? O que estará Kamryn disposta a fazer pela amiga que lhe partiu o coração?
Uma viagem dolorosa e comovente de auto-conhecimento, uma leitura de cortar a respiração.

 

Classificação: 6/7

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Estou a ler...



Tabela de Classificação:



WOOK - www.wook.pt