Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





1º Passatempo do Chuva de Letras

por Tânia Breda, em 30.01.14

Yeahhh! Hoje trago-vos o 1º Passatempo do nosso blog e o 1º deste ano de 2014!
O blog Chuva de Letras, em parceria com a editora Bizâncio, tem para oferecer um exemplar do livro O Cerco de Leninegrado de Michael Jones.

 

 

Podem participar até às 23h59 do dia 9 de Fevereiro!

Para se habilitarem a ganhar este fantástico livro, basta responderem às questões no formulário.

As respostas podem encontrar aqui.

Não esquecer de ler as regras de participação já abaixo.

 

Regras de participação:

1. Só é válida uma participação por pessoa e por morada.

2. Só serão aceites participações de residentes em Portugal Continental e Ilhas.

3. É obrigatório ser seguidor da página de facebook do blog Chuva de Letras.

4. É necessário partilhar publicamente o passatempo no vosso facebook ou blog e deixar o link de partilha no formulário. 

5. O vencedor será sorteado aleatoriamente através do random.org e será posteriormente contactado por e-mail. O resultado será também anunciado aqui no blog e facebook.

6. Todas as participações com questões erradas, dados incompletos, e/ou que não obedeçam às regras serão automaticamente anuladas.

7. A administração do blog Chuva de Letras não se responsabiliza pelo possível extravio no correio de exemplares enviados pela mesma e/ou pela editora.

 

Boa Sorte!

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

  

Título: A Força do Destino

Autor: Susana Esteves Nunes

Editora: Chiado Editora

Edição de: Dezembro 2012

Páginas: 186

PVP: 12,50€

 

Alguém já leu o livro A Força do Destino de Susana Esteves Nunes?

Ontem, eu li e de uma só vez. Hoje, trago-vos a minha crítica.

Maria Eduarda vai jantar com o seu irmão gémeo, quando este lhe dá a notícia que vai trabalhar para Nova Iorque. Triste, levanta-se da cadeira e abalroa Vasco, por quem mais tarde se apaixona...

A paixão entre ambos, o namoro e o casamento aconteceu tudo tão rápido que fiquei "O quê? Já?"...

Eram um casal-perfeito e eu gostaria que tivesse mais desenvolvimentos, queria ter lido mais sobre o amor daqueles dois.

Em todo o livro achei que a autora repetia-se muito, quer em cenários, ou as personagens lá iam jantar ou lá iam tomar um duche, quer em palavras como "atroz" e "lamechas".

Infelizmente, a nível de revisão falhou um pouco, tem algumas gralhas que me deixaram irritadíssima.

Em aspectos positivos, temos a forma como a autora transmitiu o carinho, o amor de Maria Eduarda pelo seu irmão João Pedro e este por ela, deu gosto de ler. Gostei, também, das descrições de Nova Iorque.

As bases da história são boas, e trata-se até de um livro leve, que se lê bem. O twist final surpreendeu-me, e transmite assim uma mensagem aos leitores: "Nada acontece por acaso... Tudo na vida tem o seu propósito!"

 

Sinopse

Foi num jantar aparentemente banal, que João Pedro, o seu irmão gémeo, depois de receber uma irrecusável proposta de trabalho, lhe dá a arrasadora notícia que está de partida para Nova Iorque. Eram inseparáveis e Maria Eduarda não conseguiu esconder a sua angústia. Mas o destino estava traçado, ela nem imaginava que depois de tão penosa notícia, lhe iria acontecer algo que certamente lhe iria virar a vida do avesso. Entre Cascais, Sintra e Nova Iorque, Maria Eduarda vai viver dias inesquecíveis.

 

Classificação: 3 / 7

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Livro inédito de J. R. R. Tolkien

por Tânia Breda, em 29.01.14

Quem gosta dos livros de J. R. R. Tolkien?

A editora Publicações Europa-América lançou um livro inédito em Portugal com edição organizada pelo seu filho, Christopher Tolkien.

A Queda de Artur, yeeahhh!

 

 

Título: A Queda de Artur
Autor: J. R. R. Tolkien
Colecção: Obras de J. R. R. Tolkien
Preço: 22.25€
Pp.: 248

Inédito em Portugal
Edição organizada por Christopher Tolkien
Versão Bilingue

 

Sinopse
A Queda de Artur, a única incursão de J. R. R. Tolkien nas lendas do rei
Artur da Bretanha, pode muito bem ser vista como a sua mais delicada e
hábil aventura na métrica aliterativa do inglês antigo, tendo concedido
à sua interpretação inovadora das antigas narrativas uma sensação
penetrante da natureza grave e determinista de tudo o que é contado: da
expedição ultramarina de Artur até às distantes terras pagãs, da fuga de
Guinevere de Camelot, do regresso de Artur à Bretanha e da grande
batalha naval, no retrato do traidor Mordred, nas dúvidas atormentadas
de Lancelot no seu castelo francês.
Infelizmente, A Queda de Artur foi um dos seus vários poemas longos
inacabados. Há evidências que terá começado a escrevê-lo no início dos
anos 30 do século passado e estaria num estado suficientemente avançado
para que o enviasse a um amigo perspicaz, que o leu com grande
entusiasmo no final de 1934, e o incentivou a concluí-lo com urgência:
«Tem mesmo de o terminar!» Contudo, foi em vão. Tolkien abandonou-o, em
data desconhecida, ainda que alguns indícios apontem para 1937, o ano de
publicação de O Hobbit e das primeiras incursões em O Senhor dos Anéis.
Anos mais tarde, numa carta de 1955, disse que «esperava terminar um
longo poema sobre A Queda de Artur», mas esse dia nunca chegou.
Associadas ao texto do poema, existem, contudo, várias páginas
manuscritas; uma grande quantidade de rascunhos e experiências em verso,
nas quais a estranha evolução da estrutura do poema é revelada,
juntamente com sinopses narrativas e notas deveras significativas, ainda
que desesperantes. Nestas últimas, é possível discernir associações
claras, ainda que misteriosas, do fim de Artur com O Silmarillion e a
amarga conclusão do amor de Lancelot e Guinevere, que nunca chegou a ser
escrito.


Sobre os autores:
J. R. R. Tolkien nasceu a 3 de Janeiro de 1892 em Bloemfontein. Depois
de ter servido na Primeira Guerra Mundial, Tolkien abraçou uma distinta
carreira académica e foi reconhecido como um dos melhores filólogos do
mundo. No entanto, é mais conhecido como o criador da Terra Média e
autor das clássicas e extraordinárias obras de ficção como O Hobbit, O
Senhor dos Anéis e O Silmarillion. As suas obras foram traduzidas para
mais de 60 línguas e venderam milhões de exemplares em todo o mundo. Foi
premiado com um CBE e um grau honorário de Doutor em Letras pela
Universidade de Oxford, em 1972. Faleceu em 1973, com 81 anos.

Christopher Tolkien nasceu a 21 de Novembro de 1924 e é o terceiro filho
de J. R. R. Tolkien. Nomeado por Tolkien como seu executor literário,
tem-se dedicado, desde a morte do pai, em 1973, à edição dos escritos
não publicados, nomeadamente O Silmarillion e as colecções intituladas
Contos Inacabados de Númenor e da Terra Média e The History of
Middle-earth (A História da Terra Média). Ele e a esposa vivem em
Baillie, França, desde 1975.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Uma nova parceria e um novo relançamento

por Tânia Breda, em 29.01.14

Nesta segunda-feira estabelecemos uma parceria entre o Chuva de Letras e a Publicações Europa-América.

Não poderiamos estar mais contentes, pois a partir de agora é mais fácil dar-vos conhecimento das novidades literárias desta editora.

E hoje, o que vos trago é exactamente isso... Novidades! Em Dezembro estreou o filme e agora, o livro teve relançamento... Estamos a falar de O Hobbit.

 

  

Título: O Hobbit
Autor: J. R. R. Tolkien
Colecção: Contemporânea
Preço: 22.75€
Pp.: 264

O prelúdio d’ O Senhor dos Anéis
A obra que inspirou a adaptação cinematográfica de Peter Jackson

Esta é a história da aventura de um Baggins, que deu consigo a fazer e a
dizer coisas completamente impensáveis…

Bilbo Baggins é um hobbit que desfruta de uma vida confortável e sem
qualquer ambição. Ele raramente se aventura em viagens, não indo mais
longe do que até à dispensa de sua casa, no Fundo do Saco. Mas este
conforto será perturbado por Gandalf, o feiticeiro, e por um grupo de
treze anões, que num belo dia chegam para o levar numa viagem «de ida e
volta». Eles têm um plano para pilhar o espantoso tesouro de Smaug, o
Magnífico, um dragão enorme e extremamente perigoso.
Encontros inesperados com elfos, gnomos e aranhas gigantes, um dragão
que fala, e ainda a presença involuntária na Batalha dos Cinco
Exércitos, são apenas algumas das experiências por que Bilbo passará.

O Hobbit é o prelúdio de O Senhor dos Anéis e já vendeu milhões de
cópias desde a sua publicação, em 1937. É claramente um dos livros mais
amados e influentes do século XX.

«Uma obra-prima incomparável», The Times

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Livro: A Força do Destino

por Tânia Breda, em 27.01.14

Já ouviram falar da escritora Susana Esteves Nunes?

A autora escreveu o livro A Força do Destino e pelas opiniões que li, parece ser um óptimo romance.

Hoje, chegou até nós o livro pela Chiado Editora e, muito em breve iremos dar a nossa apreciação.

 

 

Sinopse
Foi num jantar aparentemente banal, que João Pedro, o seu irmão gémeo, depois de receber uma irrecusável proposta de trabalho, lhe dá a arrasadora notícia que está de partida para Nova Iorque. Eram inseparáveis e Maria Eduarda não conseguiu esconder a sua angústia. Mas o destino estava traçado, ela nem imaginava que depois de tão penosa notícia, lhe iria acontecer algo que certamente lhe iria virar a vida do avesso. Entre Cascais, Sintra e Nova Iorque, Maria Eduarda vai viver dias inesquecíveis.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Novidades!

por Tânia Breda, em 26.01.14

Hoje, venho dar-vos novidades.

Como de mês para mês os visitantes têm aumentado, foi estabelecido parcerias entre o blog Chuva de Letras com a Chiado Editora, com a Bizâncio e com a Alfarroba Edições à qual agradeço por acreditarem no meu projecto. Foi também criada uma página facebook para o nosso blog Chuva de Letras.

Assim, não perdem nenhum post e, é só acompanhar-nos pelo Facebook: www.facebook.com/chuvadeletrasblog

  

Autoria e outros dados (tags, etc)


As bibliotecas de Portugal

por Tânia Breda, em 26.01.14

Portugal tem, sem dúvidas, bibliotecas lindíssimas.

As minhas preferidas são a Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra e a Biblioteca do Palácio Nacional de Mafra. 

Hoje tomei conhecimento de um livro sobre as bibliotecas de Portugal, o título é Bibliotecas - Maravilhas de Portugal, o autor Libório Manuel Silva e a editora Centro Atlântico. Um livro que reúne as 21 Bibliotecas Históricas mais belas de Portugal numa edição prefaciada pelo Professor Eduardo Lourenço.
Públicas ou privadas, pequenas ou grandes, famosas ou ‘desconhecidas’, o livro revela verdadeiros tesouros, transportando-nos a estas autênticas catedrais do conhecimento.
Uma Rota da Biblioteca Antiga e do admirável património cultural português para deleite de todos os apaixonados por livros.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2




Estou a ler...



Tabela de Classificação:



WOOK - www.wook.pt