Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




  

De muitas novidades que a editora Gradiva tem este mês, uma delas é A Minha Breve História de Stephen Hawking.

Com um PVP de 10,80€ (encontra-se com 10% de desconto) e 116 páginas, trata-se de uma autobiografia deste brilhante cientista.

 

Sinopse

Autobiografia de um dos mais brilhantes cientistas do nosso tempo, que mostra um Hawking apenas entrevisto nos seus livros anteriores: o estudante curioso a quem os colegas alcunharam Einstein, o gracejador que apostou uma assinatura da Playboy sobre a existência de buracos negros e o jovem marido e pai lutando para conquistar um lugar no difícil mundo académico, sem esquecer o diagnóstico, aos 21 anos, da doença que o confinaria a uma cadeira de rodas. Um relato corajoso e sensível, uma mensagem de esperança e uma lição de vida.

  

Stephen Hawking tem deslumbrado leitores em todo o mundo com uma série de best-sellers sobre os mistérios do Universo. Agora, pela primeira vez , o cosmólogo mais brilhante do nosso tempo, em vez de olhar para o Universo, olha para dentro, oferecendo-nos um olhar revelador sobre sua própria vida e evolução intelectual.
A Minha Breve História relata a viagem improvável de Hawking, desde a sua infância no pós-guerra em Londres até aos anos de celebridade mundial. Ricamente ilustrado com fotografias raramente vistas, este relato conciso, inteligente e sincero apresenta um Hawking raramente vislumbrado nos livros anteriores: o estudante curioso a quem os colegas logo chamaram Einstein, o humorista que uma vez apostou uma assinatura da Playboy com um colega sobre a existência de buracos negros, e o jovem marido e pai lutando para ganhar uma posição no difícil mundo académico.

 

Escrevendo com humor e humildade, Hawking fala sobre os desafios com que se viu confrontado após o diagnóstico de esclerose lateral amiotrófica aos 21 anos de idade. Traçando o seu desenvolvimento como pensador, explica como a perspectiva de uma morte precoce o impulsionou na direcção de vários avanços intelectuais, e fala sobre a génese de sua obra-prima Breve História do Tempo, um dos livros de ciência emblemáticos do século XX.
Íntimo e sábio, A Minha Breve História abre-nos uma janela para o cosmos pessoal de Hawking.

 

«Um retrato conciso e brilhante.»

Nature

 

«Hawking escreve de modo comovente... Ouvimos a sua voz irradiando diretamente do buraco negro da sua doença neuronal, sem a amplificação e a elaboração dos co-autores com quem escreveu os seus últimos livros.»

Financial Times

 

«Leia este livro para encontrar pepitas pessoais. Mas, acima de tudo, vale a pena ler a sua mensagem de esperança.»

Mail on Sunday

 

«O cérebro de Stephen Hawking tem uma invejável vastidão: ele vê e entende coisas que estão muito além do que consegue a maioria de nós... Mas a sua modéstia é admirável.»

Daily Mail

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Estou a ler...



Tabela de Classificação:



WOOK - www.wook.pt