Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

Nova aventura de Gabriel Allon, o herói criado por Daniel Silva, nas livrarias a 2 de Maio com PVP de 17,70€.
           

Sete dias. Uma rapariga. Não há segundas oportunidades.

 

Os livros de Daniel Silva captam a imaginação de milhões de leitores do mundo inteiro. A sua série protagonizada pelo espião e restaurador de arte Gabriel Allon é número 1 do New York Times e tem conquistado os mais rasgados elogios da crítica e dos leitores.

«Como é habitual, Silva prende o leitor desde a primeira página com a sua mistura sagaz de espionagem e suspense.» Booklist

Madeline Hart é uma estrela ascendente no partido britânico no poder: bonita, inteligente, motivada para o sucesso por uma infância pobre. Mas Madeleine tem também um segredo sombrio: é amante do primeiro-ministro, Jonathan Lancaster. Os seus raptores descobriram o romance e decidiram que Lancaster deve pagar pelos seus pecados. Receoso de um escândalo que lhe destrua a carreira, ele decide lidar com o caso em privado, sem o envolvimento da polícia britânica. Trata-se de uma decisão arriscada, não só para si próprio, como para o agente que conduzirá as buscas.

Entra em cena Gabriel Allon — assassino implacável, restaurador de arte e espião —, para quem as missões perigosas e a intriga política não são novidade. Com o relógio a contar, Gabriel tenta desesperadamente trazer Madeleine de volta a casa em segurança. A sua missão leva-o do mundo criminoso de Marselha a um vale isolado nas montanhas da Provença, depois aos bastidores do poder londrino

e, finalmente, a um clímax em Moscovo, uma cidade de espiões e violência, onde há uma longa lista de homens que desejam ver Gabriel morto.

Desde as páginas de abertura até ao chocante final, em que se revelam os verdadeiros motivos por detrás do desaparecimento de Madeleine, A Rapariga Inglesa irá deixar os leitores completamente mergulhados na história.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


As Parcerias do blog Chuva de Letras

por Tânia Breda, em 27.04.14

  


 

Logo_2_web.jpg1618463_10152257203682013_1516130897_n.jpg 

17266409_HICcR.jpeg   

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Sinopse

Há cientistas que vão até ao fim do mundo para encontrarem a Natureza em estado puro. É o caso de José Xavier, biólogo marinho premiado, que passou nove meses seguidos nos gelos da Antárctida, onde, apesar do clima adverso, o mundo vivo é espantoso e abundante. Neste livro conta-nos a aventura que é a experiência da descoberta científica no pólo e a vida longe da civilização.
Os jovens vão sentir-se seduzidos pela aventura. Os jovens de há mais tempo vão saber o que é a paixão pela ciência alimentada por uma voraz curiosidade. Empolgante.

Há cientistas que vão até ao fim do mundo para encontrarem a Natureza em estado puro.

É o caso de José Xavier, cientista polar da Universidade de Coimbra e do Instituto British Antarctic Survey (Reino Unido), que passou nove meses seguidos na Antárctida,primeiro a bordo de um navio científico e depois numabase de investigação.

Biólogo marinho a fazer investigação na Antárctida desde 1997, o seu objectivo é perceber como a biodiversidade em ambientes extremos é afectada por alterações climáticas.Neste livro ele conta-nos, em primeira mão, a aventura que é a experiência da descoberta científica nesta região polar. Em particular, como é viver efazer ciência com um grupo muito pequeno de outros cientistas, longe da civilização.

Todos os dias, incluindo sábados e domingos, são por eles aproveitados para observar e estudar a vida selvagem. Os jovens vão sentir-se seduzidos pela aventura. E os jovens há mais tempo vão saber o que é a paixão pela ciência alimentada por uma voraz curiosidade.

Hoje existe ciência polar em Portugal. Em forma de diário, Experiência Antárctica é o relato da vida de um cientista português num território distante e hostil: os gelos da Antárctida.

A sua leitura conduz-nos a paisagens onde, apesar do clima adverso, o mundo vivo é espantoso e abundante. Mas estará a biosfera ameaçada por problemas como o buraco de ozono e o aquecimento global?

 

 

SESSÃO DE LANÇAMENTO - CONVITE

Sessão de lançamento do livro Experiência Antárctica - Relatos de um Cientista Polar Português de José Xavier.

  

 A obra Experiência Antárctica - Relatos de um Cientista Polar Português de José Xavier será apresentada no sábado, dia 26 de Abril, pelas 17 horas, no Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva, na Alameda dos Oceanos, Lote 2.10.01, em Lisboa.

A apresentação do livro estará a cargo do Autor, de Carlos Fiolhais, professor universitário e actual director da Colecção Ciência Aberta da Gradiva, e de David Carlson, ex-director do Gabinete Internacional do Ano Polar Internacional. 

A sessão de lançamento contará também com a exibição de um filme acerca das expedições que o Autor tem feito à Antárctida no âmbito de seu trabalho científico.

Seguir-se-á uma sessão de autógrafos.

ENTRADA LIVRE

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Passatempo Chuva de Letras - "A Chave"

por Tânia Breda, em 23.04.14

Hoje, dia 23 de Abril, celebra-se o Dia Mundial do Livro.

Para comemorarmos este dia, o Chuva de Letras com a colaboração da Edições Vieira da Silva está a oferecer um exemplar do livro A Chave de Cláudia Valle Santos!

Para quem nunca ouviu falar, pode consultar aqui a minha opinião.

Assim, entra hoje em vigor o passatempo "A Chave".

 

 

 

Podem participar até às 23h59 do dia 14 de Maio!

Para se habilitarem a ganhar o livro, basta responderem às questões no formulário.

As respostas às perguntas podem encontrar aqui.

Não esquecer de ler as regras de participação já abaixo.

 

Regras de participação:

1. Só é válida uma participação por pessoa e por morada.

2. Só serão aceites participações de residentes em Portugal Continental e Ilhas.

3. É obrigatório ser seguidor da página de facebook (colocar gosto) do blog Chuva de Letras e da editora Edições Vieira da Silva.

4. O vencedor será sorteado aleatoriamente através do random.org e será posteriormente contactado por e-mail. O resultado será também anunciado aqui no blog e facebook.

5. Todas as participações com questões erradas, dados incompletos, e/ou que não obedeçam às regras serão automaticamente anuladas.

6. A administração do blog Chuva de Letras não se responsabiliza pelo possível extravio no correio de exemplares enviados pela mesma e/ou pela editora.

 

Boa Sorte!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

  

Título: O Futuro da Mente

Subtítulo: A Demanda Científica para compreender, aperfeiçoar e reforçar o poder da mente

Autor: Michio Kaku

Págs.: 464

       Preço: 17,00€       

 

O consagrado autor de A Física do Impossível, A Física do Futuro e Mundos Paralelos aborda neste livro o mais complexo objecto de todo o Universo conhecido: o Cérebro Humano. Os segredos de um cérebro activo começam a ser revelados graças aos computadores e aos novos métodos de ressonância magnética. Nas últimas duas décadas, o que antes era domínio apenas da ficção científica, tornou-se realidade. Tecnologias consideradas impossíveis, como a gravação de memórias, a comunicação telepática, o registo vídeo de sonhos e a telecinesia, foram demonstradas em laboratório. O Futuro da Mente traz-nos uma perspectiva conhecedora e detalhada da espantosa investigação que se faz em todo o mundo – baseada nos últimos progressos das neurociências e da física. Talvez um dia possamos tomar uma «pílula da inteligência», que aumente a nossa capacidade de conhecimento; fazer um upload do nosso cérebro para um computador, neurónio a neurónio; talvez possamos controlar computadores e robots com a mente; alargar os limites da mortalidade; e até enviar a nossa consciência para o Universo.

 

Michio Kaku leva-nos numa visita guiada ao que o futuro da mente nos reserva, do ponto de vista de um físico. Não só nos explica de forma consistente como funciona o cérebro, como também nos indica como as tecnologias de ponta poderão vir a alterar o nosso quotidiano permitindo-nos uma outra compreensão das doenças mentais e da inteligência artificial. Com o conhecimento que Michio Kaku tem da ciência moderna, e dada a sua capacidade de prever os desenvolvimentos futuros, O Futuro da Mente é uma obra imperdível sobre a expansão das fronteiras das neurociências.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Holocausto Brasileiro

Daniela Arbex

150x230

256 páginas + 16 (extratexto)

15,50 €

Nas livrarias a 16 de Abril

Guerra e Paz|Clube do Livro SIC

 

Sinopse

Milhares de crianças, mulheres e homens foram violentamente torturados e mortos no hospício de Colônia, em Barbacena, fundado em 1903. A maioria foi internada sem diagnóstico de doença mental: eram meninas violadas que engravidaram dos patrões, homossexuais, epilépticos, mulheres que os maridos não queriam mais, alcoólicos, prostitutas. Ou simplesmente seres humanos em profunda tristeza. Sem documentos, sem roupa e sem destino, tornaram-se filhos de ninguém.

 

Em Holocausto Brasileiro, a premiada jornalista de investigação Daniela Arbex resgata do es-quecimento esta chocante e macabra história do século XX brasileiro: um genocídio feito pelas mãos do Estado, com a conivência de médicos, funcionários e população, que roubou a digni-dade e a vida a 60.000 pessoas.

Bebiam água do esgoto. Comiam ratos. Morriam ao frio e à fome. Eram exterminados com electrochoques tão fortes, que toda a cidade ficava sem luz, por sobrecarga da rede. Os bebés eram roubados às mães logo à nascença. Nos períodos de maior lotação, morriam 16 pessoas por dia dentro dos muros do Colônia. Ao morrer, davam lucro. Os cadáveres eram vendidos às faculdades de medicina. Quando o número de corpos excedia a procura, eram decompostos em ácido, no pátio, diante dos pacientes. Os ossos eram comercializados. Nada ali se perdia. Excepto a vida.

É a essas 60.000 pessoas que Daniela Arbex devolve agora o rosto e a identidade, num relato que recupera o testemunho dos poucos sobreviventes e dá voz aos milhares que já não podem contar a sua própria história. O hospício de Colônia só foi transformado em verdadeiro Centro Hospitalar Psiquiátrico em 1980.

 

Biografia da autora Daniela Arbex

É uma das jornalistas brasileiras mais premiadas de sua geração. Repórter especial do jornal Tribuna de Minas há 18 anos, tem no currículo mais de 20 prémios nacionais e internacionais, entre eles três prémios Esso, o mais recente recebido em 2012 com a série «Holocausto Brasi-leiro», dois prémios Vladimir Herzog (menção honrosa), o Knight International Journalism Award, entregue nos Estados Unidos (2010), e o prémio IPYS de Melhor Investigação Jornalísti-ca da América Latina e Caribe (Transparência Internacional e Instituto Prensa y Sociedad), re-cebido por ela em 2009, quando foi a vencedora, e 2012 (menção honrosa). Em 2002, foi pre-miada na Europa com o Natali Prize (menção honrosa). Holocausto Brasileiro, publicado agora em Portugal, ganhou o prémio de melhor livro-reportagem de 2013 da conceituada Associação Paulista de Críticos de Artes e será adaptado para televisão ainda em 2014.

 

 

Sessenta mil pessoas foram mortas num hospital psiquiátrico brasileiro, com a conivência de médicos e funcionários. Esta é a história real e chocante de um crime que aconteceu ao longo do tempo, até bem perto dos anos 80. E é essa a história que a jornalista Daniela Arbex conta em«Holocausto Brasileiro». Foi uma investigação que lhe valeu o prémio de Melhor Livro Reportagem 2013, atribuído pela Associação Paulista de Críticos de Arte, e será adaptada para televisão ainda este ano. Um livro da Guerra e Paz editores que chega às livrarias a 16 de Abril, com a marca do Clube do Livro SIC.

 

O que aconteceu às vítimas? Eram internadas como doentes mentais no Hospício de Colônia, muitas sem qualquer fundamento clínico para o diagnóstico. Eram meninas violadas que engravidaram dos patrões, homossexuais, epilépticos, mulheres que os maridos não queriam mais, alcoólicos, prostitutas. Ou simplesmente seres humanos em profunda tristeza. Sem documentos, sem roupa e sem destino, tornaram-se filhos de ninguém. Crianças, mulheres e homens, aos milhares, foram violentamente torturados e mortos.

 

Um genocídio feito pelas mãos do Estado, uma história chocante e macabra do século XX, que roubou a dignidade e vida a 60.000 pessoas. Nos períodos de maior lotação, morriam 16 pessoas por dia dentro dos muros do Colônia. Pessoas que comiam ratos e bebiam água do esgoto. Eram exterminadas com choque eléctricos tão fortes, que toda a cidade ficava às escuras, por sobrecarga da rede. Os cadáveres eram vendidos às faculdades de medicina e, quando o número de corpos excedia a procura, eram decompostos em ácido, no pátio, diante dos pacientes. Os ossos eram comercializados. Nada ali se perdia. Excepto a vida.

 

Daniela Arbex estará em Portugal de 5 a 8 de Maio, para divulgação e promoção do livro. A sessão de lançamento de «Holocausto Brasileiro» decorre a 7 de Maio, às 18h30, na Fnac do Colombo, em Lisboa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

A Escolha dos Três – A

Torre Negra – Livro 2

Stephen King

 

Data de Lançamento: 17 de Abril

Nº de Páginas: 424

PVP: 17,70€

 

Depois de seu confronto com o homem de preto no final de O Pistoleiro, Roland acorda e encontra três portas na praia do mar Ocidental. Todas elas o conduzem a Nova Iorque, mas em três momentos distintos no tempo. Através destas portas, Roland vai ao encontro das três personagens cruciais para a sua busca da Torre Negra.

Em 1987, ele encontra Eddie Dean, o Prisioneiro, um jovem viciado em heroína. Em 1964, conhece Odetta Holmes, a Senhora das Sombras, uma afro-americana que perdeu as pernas num acidente de metro e ganhou uma segunda personalidade. E em 1977, encontra Jack Mort, um homem responsável por crueldades inimagináveis.

Será que Roland encontrou novos companheiros para a demanda? Ou terá ele desencadeado algo totalmente diferente?

Passada num mundo de circunstância extraordinárias, com um imaginário visual espantoso e personagens inesquecíveis, a série A Torre Negra é ímpar. A obra mais visionária de Stephen King é um misto mágico de fantasia e horror.

 

Autor: Stephen King, apelidado por muitos de «mestre do terror», escreveu mais de quarenta livros, incluindo Carrie, A História de Lisey e Cell, Chamada para a Morte. Vencedor do prestigiado National Book Award e nomeado Grande Mestre nos prémios Edgar Allen Poe de 2007, conta hoje com mais de trezentos milhões de exemplares vendidos em cerca de trinta e cinco países. Números e um currículo impressionantes a fazerem jus ao seu estatuto de escritor mais bem pago do mundo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2




Estou a ler...



Tabela de Classificação:



WOOK - www.wook.pt