Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Haatchi & Little B - Wendy Holden [Opinião]

por Tânia Breda, em 30.09.14

Título: Haatchi & Little B

Autor: Wendy Holden

Editora: Quinta Essência

Edição de: Setembro de 2014

Páginas: 216

PVP: 15,50€

 

Desde do dia 23 deste mês que se encontra nas livrarias o livro Haatchi & Little B de Wendy Holden.

A capa é maravilhosa e a história inspiradora. É um daqueles livros que nos deixam a pensar...

Para quem acha que Haatchi é um nome bastante familiar, possivelmente não se está a recordar, mas no Japão existiu um cão de nome Hatch que todos os dias esperava o seu dono na estação dos comboios até mesmo depois de o seu dono falecer.

A única coisa que Hatch e Haatchi têm em comum é apenas uma estação de comboio. Esta não é a história de Hatch, mas sim a histórial real de Owen (Little B) e Haatchi, um cão pastor-de-anatólia, que foi deixado para perder a vida numa linha de comboio. Por sorte, apenas ficou sem uma pata e a cauda.

A 80 km de distânicia, Owen (carinhosamente chamado de Little B), nasceu com uma doença rara que deixa os seus músculos num estado de permanente tensão, a síndrome de Schwartz-Jampel. 

A família de Owen adoptou este maravilhoso cão pastor-da-anatólia e Haatchi adoptou uma família de raça. 

Little B sempre fora bastante tímido, sentia-se envergonhado quando olhavam para ele devido à sua síndrome e nunca comunicava muito.

A partir do momento que Haatchi encontrou no quarto do pequeno Owen, conquistou-o de imediato e ensinou-o o verdadeiro significado da amizade.

 

 

Este livro é maravilhoso! Ao lê-lo, o leitor vai dando conta que desde que Haatchi surgiu na vida desta família tudo melhorou logo de seguida e vice-versa. Gostei bastante de saber que foram buscar força e cura um no outro para combater os vários obstáculos que vão surgindo (e não são poucos) e mesmo ao terminar este livro há e haverá sempre continuação da sua história ao acompanhar o facebook do Haatchi.

O meu sorriso e as minhas lágrimas foram constantes, a cada página que folheava não o conseguia evitar, e só me dava vontade de agarrar a minha cadela braco-alemão, Rami. 

Prepare-se para uma história capaz de derreter qualquer coração com alguns lenços na mão. Uma história inspiradora de amor, coragem, sacrifício, cura e perdão.

Mais um bom livro para a prateleira dos favoritos!

 

Sinopse

Numa noite gelada em Janeiro de 2012, Haatchi, o cão, foi atingido na cabeça e abandonado numa linha de caminho de ferro para ser atropelado por um comboio. O maquinista viu demasiado tarde o adorável pastor-da-anatólia de cinco meses. De alguma forma, o aterrorizado cachorrinho sobreviveu à perda de sangue da pata e cauda parcialmente cortadas e conseguiu rastejar para um lugar seguro. Felizmente, Haatchi foi resgatado, embora os veterinários não tenham conseguido salvar-lhe a pata e cauda. Um apelo no Facebook chamou a atenção de um casal de bom coração, Colleen Drummond e Will Howkins, que também são o pai e a madrasta de Owen (conhecido na família como Little B, ou seja Little Buddy, «amiguinho»). Um olhar para o focinho expressivo de Haatchi disse-lhes tudo o que precisavam de saber e o sortudo cão mudou-se para casa da família Howkins apenas seis semanas depois de quase ser morto. Owen, agora com oito anos, tem uma doença genética rara que faz com que os seus músculos estejam permanentemente tensos. Em grande parte confinado a uma cadeira de rodas, era um menino reservado e ansioso com dificuldade em fazer amigos. Mas quando Owen acordou na manhã depois de Haatchi chegar, apaixonou-se imediatamente pelo cão mutilado que, por sua vez, acabou por salvá-lo.

 

Fico bastante grata à editora Quinta Essência por me ter dado a oportunidade de ler este livro cheio de amor onde há tanto para aprender...

  

Classificação: 6/7

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.




Estou a ler...



Tabela de Classificação:



WOOK - www.wook.pt