Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




capa_sexo_300dpi.jpg

Título: Vamos Falar de Sexo

Autores: Bernardo Mendonça e Maria João Ruela

Editora: Guerra e Paz | Clube do Livro SIC

Páginas: 230

PVP: 15,50 €

Data de Lançamento: 9 de Setembro de 2015

 

Sinopse 

Pela primeira vez em Portugal, dois jornalistas mergulharam na intimidade dos portugueses e fizeram um retrato vivo, expressivo e sem tabus da vivência da sexualidade no nosso país. Mais do que a porta de casa, estes homens e mulheres abriram a porta do quarto e revelaram a Bernardo Mendonça e Maria João Ruela os desejos mais cândidos ou sórdidos, os segredos até então nunca contados, as fantasias que sonham poder concretizar.

Sozinhos, bem acompanhados, a dois ou a três, de todas as idades, gostos e preferências se faz este livro, em que cada um de nós se revê, aqui e ali, em pessoas, situações e… sensações. Em discurso directo, porque, afinal, a liberdade parece ter chegado também à nossa cama, Portugal.

 

Nada melhor do que ler este livro e «escutar» as histórias destes 14 magníficos testemunhos para perceber a riqueza e diversidade dos pensamentos e fantasias eróticas e a importância de uma atitude positiva sobre a sexualidade para a vivência de uma sexualidade feliz.

 Do Prefácio de PEDRO NOBRE

 

 

A liberdade e a felicidade sexual podem-se conquistar desde que cada um tenha coragem para compreender o que as inibe, o que as diminui e o que falta fazer para conseguir comunicar melhor os seus desejos e necessidades aos outros ou como as pode proteger do que não quer.

 Do Posfácio de MARTA CRAWFORD

 

 

 

Biografia dos autores

 

Bernardo Mendonça

Nasceu em 1975 e é repórter do semanário Expresso desde 2001. Antes experimentou o teatro e aprendeu a escrever notícias na Lusa. Na Rádio Oxigénio falou de livros e histórias reais con-tadas pelos ouvintes em Da Mão prà Boca e A Vida em A4. No Jornal da Noite, da SIC, apresen-tou a rubrica «Vamos Sair» e é co-autor do projecto «Mural da Liberdade» Expresso/SIC. Foi editor da revista IB, colaborador da Nau XXI e Mente Magazine. Em 2008 foi distinguido com o Prémio Média, da rede ex aequo, com a reportagem «Lésbicas e Muito Mulheres». Vive para

viajar. Acredita que a realidade ultrapassa a ficção e que há vidas que são pura literatura. Ou, por outras palavras, «just the facts, ma’am!».

 

 

Maria João Ruela

Nasceu em 1969 e é jornalista e pivô da SIC. Licenciada em Comunicação Social, iniciou a sua carreira profissional na área da publicidade, como copy. Trabalhou como freelancer para al-guns jornais e revistas – Público, O Independente e Marketing e Publicidade – e, em 1992, inte-grou a equipa fundadora da SIC. Fez parte das equipas dos programas Praça Pública e Casos de Polícia e integrou a editoria de sociedade, onde acompanhou as áreas da Justiça e Administra-ção Interna. Em 2003, foi ferida em trabalho no Iraque, quando acompanhava a missão da GNR no país. Pivô de informação desde 1998, assume funções de coordenadora de redacção desde 2005. Foi premiada no Figra, concurso internacional de Grandes Reportagens, com o trabalho «Modernos Primitivos». Sempre viajou, em férias ou em trabalho. Ultimamente descobriu os encantos da pesca.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Estou a ler...



Tabela de Classificação:



WOOK - www.wook.pt