Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Capa_Equilibrio_300dpi.jpg

Título: Equilíbrio

Autor: Cláudio Ramos

Editora: Guerra e Paz | Clube do Livro SIC

Páginas: 176

PVP: 15,50€

 

Sinopse

De que equilíbrio nos fala Cláudio Ramos?

Num livro dividido em quatro partes, Cláudio Ramos começa por nos ajudar a organizar o dia-a-dia. Com coisas simples como horários, rotinas e hábitos saudáveis. Com coisas agradáveis como receitas, que vão do pequeno-almoço ao jantar, até a alguns chás milagrosos.

Neste livro, Cláudio Ramos mostra-nos que para nos sentirmos bem temos de gostar do nosso próprio corpo. Precisamos de reaprender a respirar, de tomar gosto aos exercícios, de nos cuidarmos e valorizarmos a nossa beleza. Temos de gostar de nos vermos ao espelho se que-remos gostar das pessoas que, depois, encontramos na rua e no trabalho.

Essa é a terceira lição: como viver consigo e com os outros, no emprego, com os amigos e com a família.

E, por fim, o quarto pilar para o nosso equilíbrio, a relação feliz que podemos ter com o nosso parceiro. Cláudio Ramos conta segredos que nunca tinha contado a ninguém e que as mulheres portuguesas têm de saber.

 

Biografia do autor

Cláudio Ramos

Nasceu a 11 de Novembro de 1973, às sete da manhã, na sua casa de Luanda, de onde sairia com dois anos para se apaixonar, para sempre, pelo Alentejo e pelas suas gentes.

Comunicador nato, estreou-se em televisão na SIC, estação onde se mantém até hoje. Assinou várias rubricas e especiais televisivos. Actualmente é uma das caras do Queridas Manhãs da SIC. Marca presença, também, na SIC Caras, como comentador de Passadeira Vermelha e apresentador de Contra-Capa. Noutra estação televisiva, o Canal Q, fala desenfreadamente de amor no Esquadrão do Amor. Colaborador regular da rádio e da imprensa, escreve semanalmente na TV Mais e todos os dias no seu blogue, Eu, Cláudio, que integra a lista dos mais lidos de Portugal.

Escreveu sete livros. Quatro romances, um livro infantil e dois livros práticos. Este é o oitavo.

Pioneiro em Portugal no conceito, há́ vários anos que Cláudio Ramos dá formação na área da Valorização Pessoal, ajudando muitas portuguesas a mudarem de estilo de vida. Se podiam fazer essa mudança sem ele? Podiam, mas não era a mesma coisa!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Capa_As Grandes Cartas de Amor_300dpi.jpg

Título: As Grandes Cartas de Amor

Selecção e coordenação de Elizabete Agostinho

Editora: Guerra e Paz|Clube do Livro SIC

Páginas: 208

PVP: 14,90 €

Data de Lançamento: 27 de Janeiro de 2016

 

Sinopse 

A melhor prova de quanto nos podemos amar está nas cartas. Cartas de amor escreveram-nas reis e escravos, romancistas e comerciantes. Até ditadores. Este livro reúne 51 cartas como-ventes, eufóricas, apaixonadas e sofridas. Foram escritas por grandes figuras, de Virginia Woolf a Beethoven, de Napoleão a Karl Marx.

Estas cartas ensinam-nos a amar. Dão-nos lições de dignidade, de paixão, de amorosa resigna-ção. Ensinam-nos os caminhos da alegria, do desejo e da perda.

Às grandes figuras da História juntam-se figuras da nossa História recente. Primeiro, as cartas que Maria Barroso escreveu a Mário Soares, nos anos da ditadura de Salazar, cartas ditadas pela separação que a prisão e o exílio forçaram. A seguir, cartas de amor de António José Sa-raiva, escritor e historiador.

A fechar, a escritora Rita Ferro e o jornalista Fernando Correia escrevem cartas ao Amor Eterno, a esse amor perene que enche a nossa vida de esperança.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

capa_Todos os Dias com Francisco_300dpi.jpg

Título: Todos os Dias com Francisco

Papa Francisco

Editora: Guerra e Paz|Clube do Livro SIC

Páginas: 224

PVP: 13,90€

Data de Lançamento: 6 de Janeiro de 2016

 

Sinopse

Mas que feliz ideia esta de seleccionar e organizar os pensamentos, ditos e gestos do Papa Francisco e disponibilizá-los para meditação espiritual e estímulo intelectual e emocional ao ritmo dos dias do ano.

Padre Vítor Melícias, Prefácio

 

Este livro é o mais completo retrato do Papa Francisco. É um retrato feito de palavras e de actos, as palavras e os actos do próprio Francisco. Dia a dia, este livro oferece-lhe os grandes momentos da acção do papa, os factos mais marcantes da sua vida, o que ele disse sobre a pobreza ou o casamento, sobre os refugiados ou sobre a globalização. Este livro é a memória da vida de um homem cuja acção está a marcar a vida de toda a humanidade. Um livro para ler todos os dias. Helder Guégués escolheu os acontecimentos, os actos e as palavras e organizou-os, dia a dia, para que nos sirvam de agenda perpétua.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

capa_sexo_300dpi.jpg

Título: Vamos Falar de Sexo

Autores: Bernardo Mendonça e Maria João Ruela

Editora: Guerra e Paz | Clube do Livro SIC

Páginas: 230

PVP: 15,50 €

Data de Lançamento: 9 de Setembro de 2015

 

Sinopse 

Pela primeira vez em Portugal, dois jornalistas mergulharam na intimidade dos portugueses e fizeram um retrato vivo, expressivo e sem tabus da vivência da sexualidade no nosso país. Mais do que a porta de casa, estes homens e mulheres abriram a porta do quarto e revelaram a Bernardo Mendonça e Maria João Ruela os desejos mais cândidos ou sórdidos, os segredos até então nunca contados, as fantasias que sonham poder concretizar.

Sozinhos, bem acompanhados, a dois ou a três, de todas as idades, gostos e preferências se faz este livro, em que cada um de nós se revê, aqui e ali, em pessoas, situações e… sensações. Em discurso directo, porque, afinal, a liberdade parece ter chegado também à nossa cama, Portugal.

 

Nada melhor do que ler este livro e «escutar» as histórias destes 14 magníficos testemunhos para perceber a riqueza e diversidade dos pensamentos e fantasias eróticas e a importância de uma atitude positiva sobre a sexualidade para a vivência de uma sexualidade feliz.

 Do Prefácio de PEDRO NOBRE

 

 

A liberdade e a felicidade sexual podem-se conquistar desde que cada um tenha coragem para compreender o que as inibe, o que as diminui e o que falta fazer para conseguir comunicar melhor os seus desejos e necessidades aos outros ou como as pode proteger do que não quer.

 Do Posfácio de MARTA CRAWFORD

 

 

 

Biografia dos autores

 

Bernardo Mendonça

Nasceu em 1975 e é repórter do semanário Expresso desde 2001. Antes experimentou o teatro e aprendeu a escrever notícias na Lusa. Na Rádio Oxigénio falou de livros e histórias reais con-tadas pelos ouvintes em Da Mão prà Boca e A Vida em A4. No Jornal da Noite, da SIC, apresen-tou a rubrica «Vamos Sair» e é co-autor do projecto «Mural da Liberdade» Expresso/SIC. Foi editor da revista IB, colaborador da Nau XXI e Mente Magazine. Em 2008 foi distinguido com o Prémio Média, da rede ex aequo, com a reportagem «Lésbicas e Muito Mulheres». Vive para

viajar. Acredita que a realidade ultrapassa a ficção e que há vidas que são pura literatura. Ou, por outras palavras, «just the facts, ma’am!».

 

 

Maria João Ruela

Nasceu em 1969 e é jornalista e pivô da SIC. Licenciada em Comunicação Social, iniciou a sua carreira profissional na área da publicidade, como copy. Trabalhou como freelancer para al-guns jornais e revistas – Público, O Independente e Marketing e Publicidade – e, em 1992, inte-grou a equipa fundadora da SIC. Fez parte das equipas dos programas Praça Pública e Casos de Polícia e integrou a editoria de sociedade, onde acompanhou as áreas da Justiça e Administra-ção Interna. Em 2003, foi ferida em trabalho no Iraque, quando acompanhava a missão da GNR no país. Pivô de informação desde 1998, assume funções de coordenadora de redacção desde 2005. Foi premiada no Figra, concurso internacional de Grandes Reportagens, com o trabalho «Modernos Primitivos». Sempre viajou, em férias ou em trabalho. Ultimamente descobriu os encantos da pesca.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Capa IR_300dpi.jpg

Título: IR é o Melhor Remédio

Autora: Teresa Conceição

Editora: Guerra e Paz | Clube do Livro SIC

Páginas: 240

PVP: 15,90€

 

Sinopse

Estão aqui alguns dos segredos mais bem guardados de Portugal

Este é um livro de roteiros, viagens e comida deliciosa.

Praias, ilhas, rios ou castelos. Inspiradoras escapadas a dois ou aventuras em família. Roteiros de sonho com toda a informação de que precisa. A melhor hospedagem: económica, confortá-vel, romântica. Tascas e restaurantes com menus inovadores e portugueses para experimentar e repetir. São viagens com histórias – as que valem a pena.

 

(Ah, este livro contém 12 receitas sublimes, cujo segredo os mestres cozinheiros revelam!)

 

 

Biografia da autora

Teresa Conceição

É uma jornalista terra-a-terra, o que só lhe fica bem na hora de criar roteiros para o tempo livre. Em reportagem na SIC desde 1992, palmilhou muito para reunir as sugestões que agora partilha e onde as paisagens portuguesas são campo de aventuras para viver em dueto ou em família. É autora do roteiro IR é o Melhor Remédio, do Jornal da Noite, a dividir passeios e rivalidades com o jornalista Martim Cabral. Por mais que filme, nunca consegue mostrar num programa de televisão todo o país que queria divulgar. Este livro é mais um esforço inglório. Mas cheio de rebuçados para quem quer aventurar-se por caminhos pouco trilhados em chão nacional.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

capa_Farmacia_300dpi.jpg

Título: Farmácia em Casa

Autor: Dr. Pedro Andrez

Editora: Guerra e Paz | Clube do Livro SIC

Páginas: 168

PVP: 14,60 €

Data de Lançamento: 6 de Maio de 2015

 

Sinopse

Fruto do contacto que tem diariamente com dezenas de pessoas ao balcão da sua farmácia, o Dr. Pedro Andrez escreveu Farmácia em Casa, um guia prático que tem como objectivo escla-recer as suas principais dúvidas sobre as doenças e os medicamentos mais comuns em Portugal. Este é o livro em que pode confiar para a correcta utilização dos fármacos. Um livro que desmonta mitos sobre as causas das doenças e as indicações terapêuticas dos medicamentos.

O Dr. Pedro Andrez oferece-lhe a lista de soluções e precauções fundamentais sobre:

 

- Paracetamol: é seguro mas responsável por muitas intoxicações

- Interacção entre antibióticos e o álcool: nem tudo o que lhe dizem é verdade

- Esquecimento da toma e a eficácia da pílula: saiba o que fazer

- Queda de cabelo: prevenção e plano de ataque

- Dietas: mentiras e verdades

- Suplementos e vitaminas: às vezes, menos é mais

- Genéricos e medicamentos de marca: em quais deve confiar

- Insónias: voltar a dormir é essencial

- Disfunção eréctil: a solução pode estar ao seu alcance

 

… e muito, muito mais!

 

 

Biografia do autor

Dr. Pedro Andrez

Nasceu a 9 de Junho de 1985, em Portimão, e é mestre em Ciências Farmacêuticas pela Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa. Com formação em Gestão e Marketing em Farmácia Comunitária, desempenha funções de consultor nessa área, sendo actualmente farmacêutico na Farmácia Cruz Nunes, em Lisboa, e director técnico da Bliss Natura. Farmácia em Casa é o seu primeiro livro.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

capa_PISO 3_300dpi.jpg

Título: Piso 3, Quarto 313

Autor: Fernando Correia

Editora: Guerra e Paz | Clube do Livro SIC

Páginas: 184 + 8 (a cores)

PVP: 15,20 €

Data de Lançamento: 18 de Março de 2015

 

 

Sinopse

Pode um livro nascido da dor transmitir felicidade?

Fernando Correia, voz maior da rádio portuguesa, nome grande do desporto e da televisão, teve a vida pessoal abalada pela doença que atingiu a sua mulher, a doença de Alzheimer. Sofre, luta diariamente, em família e com a reserva a que tem direito.

Fernando Correia escreveu Piso 3, Quarto 313 para dar testemunho, com total compreensão pelos doentes e pelos familiares que sofrem, amam e tantas vezes choram, na impossibilidade de fazerem melhor.

Fernando Correia apresenta-nos Vera, a mulher da sua vida, bonita, inteligente, lutadora, mãe-coragem de três filhas, que se transformou na habitante incógnita de um mundo sem memó-ria, sem saudade e sem amor.

 

Este é um livro que avisa e prepara os que ainda não conhecem os efeitos do Alzheimer. Um livro que consola e anima todos os que na sua vida se confrontam com essa impiedosa doença.

 

 

Biografia do autor

Fernando Correia

Jornalista, comentador de rádio e televisão, professor, nasceu em 1935 e dividiu a sua infância entre a Mouraria, o Alto de Santo Amaro e São Domingos de Benfica.

Entrou para a Emissora Nacional em 1958. Trabalhou depois na RDP, Rádio Clube Português, Rádio Comercial e TSF. Foi director do Diário Desportivo e redactor e colaborador dos jornais Record, A Capital, O Diário, Gazeta dos Desportos, Jornal de Notícias e Diário Popular.

Actualmente colabora na Rádio Amália e é comentador residente da TVI.

Sportinguista assumido, colabora com a Sporting TV, depois de ter sido director adjunto e director do jornal do clube. É casado, pai de cinco filhos e avô de dez netos. Nascido num dia quente de Verão, é Caranguejo de signo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Estou a ler...



Tabela de Classificação:



WOOK - www.wook.pt