Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



cartaz (1).jpg

Como encontrar o equilibrio entre o amor, a solidão e a ambição? E se a isso juntarmos uma das cidades mais caóticas do mundo, que fervilha a cada minuto que passa, que se transforma ao ritmo alucinante de um kandongueiro com a via livre e que se ama a si própria mais do que qualquer outra cidade do mundo?

 

Acompanhamos as malambas de um cidadão comum que deixou Portugal em busca de uma vida melhor, enquanto redescobre as suas raízes angolanas. O confronto com uma cidade que parece constantemente à beira da implosão, mas que nos cativa com a sua magia e simplicidade únicas. Este é João Sebastião. Esta é Luanda. Por vezes se odeiam, muitas vezes se amam.

 

Entre o Caos e a Paz é o primeiro livro do escritor luso-angolano Pedro Pires.

A sessão de apresentação é amanhã às 11h00 na Biblioteca Municipal do Vale da Amoreira.

Não perca!

 

convite.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Novidade ASA: Para Sempre - Judith McNaught

por Tânia Breda, em 02.09.14

Título: Para Sempre

Autor: Judith McNaught

Páginas: 448

PVP: 16,90€

Data de Lançamento: 9 de Setembro

 

Sinopse:

Victoria Seaton cruzou um oceano. Para trás, deixou tudo o que amava. A sua cidade, Nova Iorque. Andrew, o homem dos seus sonhos. E a casa onde nasceu, agora tristemente vazia após a morte súbita dos pais.
Desamparada, Victoria não tem outra solução que não rumar ao desconhecido. A Inglaterra, um país que que nunca visitou. Aos aristocráticos Fielding, uma família que nunca viu e à qual pertence apenas no papel. A uma herança que não sabia existir.  O seu único conforto é a sua irmã Dorothy, a quem protege fingindo ser a mulher corajosa que, intimamente, teme não ser. A alta sociedade britânica rapidamente a põe à prova com as suas regras rígidas, tão diferentes dos modos calorosos e simples do seu país natal. Igualmente impenetráveis são as reacções da família. Quando conhece a avó – a duquesa de Claremont - Victoria não percebe o porquê do seu olhar venenoso e a sua obstinação em acolher apenas Dorothy. As irmãs acabam por ser separadas e Victoria fica à mercê do jovem lorde Jason Fielding, seu primo afastado. Jason é um homem frio, sensual e implacável. Nos salões da moda, é o alvo de todas as atenções, a chama que atrai homens e mulheres, o “felino selvagem entre gatinhos domésticos”. Ele permanece um mistério aos olhos de Victoria, que recusa submeter-se às suas ordens ríspidas. Por seu lado, Jason não sabe como reagir ao temperamento explosivo da jovem americana. A relação de ambos é tão excitante quanto impossível. Sobre ela paira - negra e omnipresente - a sombra do passado com os seus mistérios, segredos e crimes...


Sobre a autora:
Judith McNaught nasceu nos Estados Unidos. Antes de se dedicar inteiramente à escrita, teve uma carreira profissional muito diversificada, tendo sido a primeira mulher a trabalhar como produtora executiva na rádio da CBS. Atualmente, a sua obra é publicada um pouco por todo o mundo e já vendeu mais de 30 milhões de exemplares. Vive em Houston, Estados Unidos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Título: Viagem ao Fim do Coração

Autor: Ana Casaca

Páginas: 328

PVP: 14,99€

Data de Lançamento: 10 de Setembro

 

Este é o romance que marca a rentrée literária de 2014. Inspirado na história real de Rita, a quem aos 26 anos foi diagnosticada a pior das doenças, Viagem ao Fim do Coração retrata a forma corajosa e aguerrida com que esta jovem mulher encarou o cancro. Um retrato que ficou registado no blogue Episódios de Rádio e que, como prometido à Rita por Ana Casaca, está na origem deste novo livro da autora de Todas as Palavras de Amor, um dos romances de maior sucesso em 2013.

 

Mais do que um romance, Viagem ao Fim do Coração é o retrato da nossa vida: como a queremos, como às vezes não a queremos. É também uma história de amor. Luísa ainda era uma adolescente. Tiago já era um jovem adulto. Conheceram-se na solidão de uma pequena praia, na margem de um rio. Tinham em comum uma relação familiar traumática. Num caso, o trauma do amor dos pais. No outro, o ódio dos pais. Conheceram-se um dia e tudo parecia indicar que não se voltariam a ver.

 

Viagem ao Fim do Coração é uma história que dá vida e recria um admirável mundo de pais e mães, filhos e irmãos, ódios e amores. Revela os pesadelos de um cancro injusto, mas não abdica do que é humano e essencial, o sonho.

 

Sobre a autora:

Ana Casaca tem 39 anos e é natural de Lisboa. Licenciou-se em Direito, mas sempre soube que era na escrita que residia a sua verdadeira vocação. Troca as leis pelas letras e, em 2002, inicia-se no guionismo pela mão de Manuel Arouca, que a convida a integrar a equipa de escrita da telenovela Filha do Mar (TVI, 2002).

Participou na escrita de Baía das Mulheres (TVI, 2005), Tu e Eu (TVI, 2007), Podia Acabar o Mundo (SIC, 2008), Rosa Fogo (SIC, 2011) e Bem-vindos a Beirais (RTP, 2013-2014). Adaptou, com Tomás Múrias, o guião para a série O Regresso a Sizalinda (RTP, 2006). Neste momento, integra a equipa de argumentistas da sequela de Jardins Proibidos (TVI, 2014).

É autora dos romances A Vontade de Regresso (2002) e Todas as Palavras de Amor (2013).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Novidade Editorial Planeta - Setembro 2014

por Tânia Breda, em 02.09.14

 

Título: Um Rumor Muito Inconveniente

Autor: Emma Wildes

Páginas: 287

PVP: 17,76€

 

Sinopse

Como reagirá a alta sociedade quando distintas personagens são apanhadas em sucessivas situações comprometedoras? Será que as jovens senhoras sobrevivem à temporada com a reputação intacta... ou os rumores escandalosos que as cercam as arruínam?
No ton, Lady Angelina DeBrooke não é só conhecida pela sua rara beleza, mas pelos seus casamentos. Com a alcunha Anjo Negro, apaixonou-se pela primeira vez e deseja casar, mas teme ficar viúva pela terceira vez. Com dois maridos envenenados e uma nuvem de suspeita a pairar sobre a cabeça, ela procura o único homem em Inglaterra que poderá ajudá-la...
Benjamin Wallace, Lorde Heathton, não está interessado em fazer de novo o papel de detective, mas quando Lady DeBrooke o aborda para uma missão que envolve limpar-lhe o nome, ele considera o desafio irresistível. O segundo marido era um velho amigo, e quando começa a investigar, sente o odor de um inimigo que já perseguiu e sabe que esta é oportunidade de prender a esquiva personagem...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Novidade Topseller: Ama-me - J. Kenner

por Tânia Breda, em 29.08.14

Ama-me

 

Autor: J. Kenner

Editora: Topseller

Páginas: 336

PVP: 16,99€

 

Depois de Deseja-me, o segundo volume da Trilogia Stark, ter vencido o Prémio RITA para Melhor Romance Erótico, atribuído pela Associação Americana de Escritores de Romance, já chegou às livrarias Ama-me, o terceiro volume da famosa trilogia que conta a tórrida história de amor entre Damien Stark e Nikki Fairchild.

 

«Belo, forte e poderoso, o Damien Stark preenche um vazio em mim como nenhum outro homem alguma vez preencheu. Os seus desejos impetuosos levam-nos para lá do mais doce êxtase e libertam uma paixão selvagem que nos consome a ambos.» Este é o desfecho por que todas as fãs anseiam. O capítulo final da história de uma paixão arrebatadora que já conquistou o coração e a fantasia de milhões de leitores em todo o mundo.

 

 

​Sobre a autora:

J. Kenner é uma autora norte-americana cujas obras estão em todas as listas de bestsellers do seu país, incluindo as do New York Times e do USA TodayA revista Publishers Weekly elogia J. Kenner como uma escritora com um «imenso talento para os diálogos e para criar personagens originais». O seu livro Carpe Demon: Adventures of a Demon-Hunting Soccer Mom está a ser adaptado para cinema por Chris Columbus, produtor dos filmes de Harry Potter. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Novidades Quinta Essência - Agosto 2014

por Tânia Breda, em 24.07.14

 

 

Um Amor Perdido de Anna McPartlin

PVP: 15,90€

 

A 21 de junho de 2007 Alexandra Kavanagh saiu de casa, falou com a vizinha, meteu-se no comboio, chegou à estação de Dalkey e desapareceu…

Tom está destroçado. Não encontra a mulher, o seu mundo desmoronou e o seu único objetivo é localizá-la.

Durante dezassete anos, Jane cuidou do filho Kurt, da excêntrica irmã Elle, e da rabugenta mãe Rose. A única pessoa de que não cuida é dela própria. Elle é artista e considerada um génio. Como tal, o seu comportamento um tanto errático é tolerado. Embora a sua vida pareça perfeita, a tristeza de Elle é por vezes profunda. Leslie perdeu toda a família para o cancro. Passou vinte anos à espera de morrer, mas após uma operação radical está determinada a viver de novo. Quatro meses depois do desaparecimento de Alexandra. Tom entra num elevador com Jane, Elle e Leslie para um concerto de Jack Lukeman. Uma hora mais tarde, os quatro desconhecidos saem de lá com as suas vidas entrelaçadas para sempre.

Um Amor Perdido aborda o alcoolismo, a depressão, a negação e a dor e ainda assim irá dar por si a sorrir e até a rir.

 

«Personagens com que sentimos afinidade e muito riso e lágrimas.»

Prima

 

«Fácil de ler, divertido e emocionalmente cativante.»

The Irish Times

 

«Perspicaz e irresistível, às vezes profundo, comovente e muito divertido.»

Image

 

«O quarto romance de McPartlin é um espelho brutalmente sincero que reflete o intrigante modo como a tristeza e a felicidade coexistem.»

Booklist

 

 

 

 

Meu Único Amor de Cheryl Holt

PVP: 15,90€

 

A rainha do romance sensual.

Um belo desconhecido… um coração destroçado… o amor de uma vida.

Nomeado para Melhor Livro de 2000 pela revista Romantic Times.

 

A jovem Maggie Brown viajou até uma estância balnear, com a esperança de esquecer a dor causada pela recente morte da mãe. Nunca imaginou que a sua agridoce estada a submetesse ao abraço mágico de um misterioso desconhecido, ou que ele apenas lhe deixasse recordações. Contudo, em seguida, por ironia do destino, reuniu-se ao homem que tanto amava – que lhe tinha dado o coração, mas não o seu nome. Para escapar a pressões familiares, o marquês de Belmont disfarçou-se de plebeu a fim de passar umas férias à beira-mar – e perdeu o coração para uma mulher com quem nunca poderia casar. No entanto, determinado a que nenhum outro homem a possuísse, arrastou-a para um amor apaixonado que em breve se transformou em mágoa. Agora, embora receie que possa ser demasiado tarde, jura convencer Maggie de que trocará sem hesitar o seu legado por toda a vida nos braços dela.

 

«… cuidadosamente tecido e trabalhado, rico em todos os pormenores, e lembrando os mestres do género.»

Romantic Times

 

«…uma nova voz no romance histórico que é realmente deliciosa. Bravo!»

Affaire de Coeur

 

 

 

 

Duas irmãs, um duque de Eloisa James

PVP: 16,60€

Ele procura a noiva perfeita…

 

Ele é um duque em busca da noiva perfeita. Ela é uma senhora… mas está longe de ser perfeita.

Tarquin, o poderoso duque de Sconce, sabe perfeitamente que a decorosa e elegantemente esguia Georgiana Lytton dará uma duquesa adequada. Então, porque não consegue parar de pensar na sua irmã gémea, a curvilínea, obstinada e nada convencional Olivia? Não só Olivia está prometida em casamento a outro homem, como o flirt impróprio, embora inebriante, entre ambos torna a inadequação dela ainda mais clara. Decidido a encontrar a noiva perfeita, ele afasta metodicamente Olivia dos seus pensamentos, permitindo que a lógica e o dever triunfem sobre a paixão… Até que, na sua hora mais sombria, Quin começa a questionar-se se a perfeição tem alguma coisa a ver com amor. Para ganhar a mão de Olivia ele teria de desistir de todas as suas crenças e entregar o coração, corpo e alma…

A curvilínea e ousada Olivia e a esguia e discreta Georgiana são gémeas, criadas pelos pais para serem noivas de duques. Tudo parece assegurado até que o futuro marido de Olivia, o tolo Rupert Blakemore, marquês de Montsurrey, faz dezoito anos e declara que «não irá casar até ter alcançado glória militar». Enquanto ele parte para a guerra contra Napoleão, Olivia vai com Georgiana conhecer Tarquin Brook-Chatfield, o viúvo duque de Sconce e possível pretendente de Georgiana. Mas Tarquin encanta-se imediatamente com Olivia, que tem de decidir se irá ou não arriscar desiludir Georgiana e Rupert retribuindo o afeto de Quin. Uma versão inteligente do clássico A Princesa e a Ervilha.

 

«Mordaz, cheio de trocadilhos e divertido, este romance de Eloisa James tem como alvo a rigidez social, explora o significado da perfeição (e do heroísmo), e apanha os leitores desprevenidos com várias reviravoltas inesperadas. Uma brilhante nova versão de outro conto clássico; os leitores nunca mais vão olhar para ervilhas, colchões ou até para os heróis da mesma forma.»

Library Journal

 

«…a história é divertida e os personagens deliciosos.»

The San Francisco Book Review

 

«Heroínas independentes e pouco convencionais, heróis inteligentes e diálogos divertidos fundem-se na perfeição com temas modernos, cativando os leitores.»

Romantic Times BOOKClub

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

A Casa da Aranha

Paul Bowles

Romance inédito em Portugal

 

«Uma complexa tela de argumentação ideológica realçada pelas imagens de Fez, um mundo a sair da sua insularidade.»

Kirkus Review

 

A Casa da Aranha é um verdadeiro thriller político, com a medina de Fez em pano de fundo e os tempos explosivos do movimento nacionalista marroquino.

Embora todos os romances de Paul Bowles espelhem o encontro e o conflito entre civilizações, neste, muito menos subjetivo, a aguda clivagem entre a cultura árabe e a do colonizador francês é explorada com grande detalhe e profundidade. A forte tensão política e social que enquadra a intriga – protagonizada por um americano comunista, um rapazinho analfabeto e uma atraente mulher ocidental –, o ambiente de conspiração e a infinidade de matizes que dão vida e complexidade à milenar cidade de Fez tornam A Casa da Aranha um marco na obra de Paul Bowles.

O livro estará disponível a partir de 18 de Julho com o PVP de 19,90€.

 

Paul Bowles nasceu no bairro de Queens, em Nova Iorque. Em 1929 iniciou-se nas viagens, passando uma temporada na Europa, onde conheceu Gertrude Stein, Jean Cocteau, Ezra Pound, Christopher Isherwood e Kurt Schwitters, entre outros.

Em 1931 viajou pela primeira vez para Tânger, onde viveria grande parte da sua vida. Em 1957 conheceu a escritora Jane Auer, com quem manteve um casamento aberto, até à morte de Jane, em 1973.

Nos anos 50, vivendo grandes períodos no Norte de África, Bowles recebeu na sua casa de Tânger as principais figuras da Geração Beat. Durante a longa vida de viajante e expatriado, Paul Bowles trabalhou incessantemente como escritor e compositor e viu reconhecidas as suas obras: na literatura, por exemplo, O Céu Que Nos Protege, romance que ocupou o primeiro lugar da lista do New York Times e que foi adaptado ao cinema por Bernardo Bertolucci.

Com Viagens, a Quetzal inaugurou uma série dedicada a Paul Bowles, a que se junta agora A Casa da Aranha, romance que se publica pela primeira vez em Portugal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Estou a ler...



Tabela de Classificação:



WOOK - www.wook.pt